Psicopedagogia

Psicopedagogia: Para quem e o que faz?

O que é a psicopedagogia?

A psicopedagogia é uma área de atuação que une os conhecimentos da psicologia e da pedagogia com o objetivo de compreender, prevenir, diagnosticar e tratar déficits, transtornos de aprendizagem e dificuldades em reter informação.

O processo de aprendizagem pode ser influenciado por fatores emocionais, cognitivos, afetivos, sociais e cabe ao psicopedagogo compreender as influências desses fatores e estruturar as sessões a partir dessas necessidades do aprendiz.

O que faz um psicopedagogo?

São diversas as áreas e formas de atuação de um psicopedagogo, entre elas estão: assessorar docentes e alunos, realizar diagnóstico das dificuldades de aprendizagem, orientar responsáveis e professores para garantir a apropriação de conteúdos de acordo com as necessidades do aprendiz, e a inserção e acompanhamento de alunos com Necessidades Educativas Especiais (NEE). 

Quando procurar um psicopedagogo para uma criança?

Alguns sintomas indicam a necessidade de orientação profissional, como por exemplo:

  • Aquisição de vocabulário lenta;
  • Caligrafia ruim ou ilegível;
  • Desatenção
  • Desinteresse nos estudos 
  • Desorganização
  • Dificuldade de aprendizagem 
  • Dificuldade de atenção;
  • Dificuldade de entregar trabalhos dentro do prazo;
  • Dificuldade em raciocínio lógico
  • Dificuldade para pronunciar palavras;
  • Dificuldade para seguir uma rotina e compreender instruções;
  • Falta de motivação de aprender;
  • Hiperatividade;
  • Lapsos de memória;
  • Troca de letras, sílabas ou palavras;

Na maioria dos casos os professores identificam o aluno que apresenta alguma dificuldade nas aulas e provas e encaminham para psicopedagogo. 

Quando procurar um psicopedagogo para um adulto?

Se faz necessário procurar um profissional quando identificar as dificuldades listadas abaixo

  • Baixo desempenho no trabalho ou nos estudos;
  • Dificuldade com raciocínio lógico;
  • Dificuldade em entender conteúdos e interpretá-los;
  • Falta de atenção e foco.
  • Falta de motivação de aprender;

     O rendimento e a aprendizagem dos adultos podem ser impactados por dificuldades na aprendizagem adquiridas por consequência de alguma patologia ou resultante de dificuldades escolares não resolvidas na época devida. 

Como funcionam os atendimentos?

Nas primeiras sessões o profissional faz uma entrevista a fim de identificar as necessidades e déficits apresentadas pelo paciente, conhece as causas e demais aspectos da vida escolar ou profissional e identifica o estilo de aprendizagem. 

A partir dos dados levantados, elabora um plano de intervenção único e exclusivo para o paciente que pode incluir a participação de outros profissionais como: psicólogo, fonoaudiólogo e neurologista.

As intervenções podem ser realizadas de forma individual ou em grupo e sua periodicidade e duração estabelecidos de acordo com as necessidades do aprendiz.

Embora alguns profissionais como psicólogo ou professor encaminhem para o psicopedagogo, não é necessário um encaminhamento para que você procure um profissional. 

Portanto, caso você identifique alguma dificuldade em você ou em seu filho procure um psicopedagogo. Ele é a pessoa certa para tirar suas dúvidas e dar orientações.

Texto: Thais Costa