A eficácia da psicoterapia online

Psicoterapia Online
A psicoterapia online, ainda que de forma tímida e com muito a evoluir, tem seus primeiros espaços na década de 80 em ambiente universitário como uma espécie de serviço de apoio. Em 1997 foi fundada a Sociedade Internacional para a Saúde Mental Online. Em território nacional, o Conselho Federal de Psicologia (CFP – marcar) autoriza desde 2012 a prática de orientação psicológica online, mas somente a partir de uma resolução de 2018 a prática da psicoterapia, processo de seleção, supervisão e uso de instrumentos psicológicos por meio de tecnologia foram autorizados, na resolução 011/2018.
Tal resolução faz com que o psicólogo possa realizar consultas e atendimentos psicológicos online, na quantidade de sessões que forem necessárias, ao contrário da resolução anterior que limitava a 20 sessões. O atendimento pode ser feito através de meios tecnológicos que viabilizem uma conversa em tempo real. Para que o psicólogo possa realizar esse tipo de atendimento deve se cadastrar na plataforma https://e-psi.cfp.org.br/ informando os meios de tecnologia que usará para os atendimento.
Em 26 de março de 2020 o CFP lançou nova resolução (004/2020), flexibilizando a resolução 011/2018, neste momento de isolamento social promovido como medida de saúde em virtude do Coronavírus (COVID-19), podendo ser realizado atendimento inclusive de pessoas ou grupos em situação de desastre e de violação de direitos ou violência em modalidade online.
Essas são as medidas tomadas pelo CFP para que possamos continuar cuidando da saúde mental, sobretudo em tempos de pandemia, assim como auxiliando a classe para que ocorram mais atendimentos online e o contato presencial seja evitado. Mas e a eficácia da psicoterapia praticada por meios eletrônicos?
A eficácia da psicoterapia online é comprovada através de estudos científicos, especialmente revisões sistemáticas e meta-análises – estudos de maior rigor científico. Essas pesquisas mostram que a psicoterapia aplicada por meio de tecnologia não apresenta diferença quanto a sua eficácia e relação terapêutica, quando comparada à psicoterapia presencial. Além disso, a Terapia Cognitivo-comportamental aplicada a ansiedade na modalidade online tem resultados comparáveis a modalidade presencial, por exemplo, assim como demais transtornos mentais.

Texto do psicólogo Vinícius Soares Mendes

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *