ATENDIMENTO

Tijuca, Barra e Ipanema

Princípios da Terapia Cognitivo Comportamental

A Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) é efetiva em Transtornos de Ansiedade, como Transtorno de Estresse Pós-traumático, Transtorno Obsessivo-compulsivo, Transtorno de Pânico e fobias de todos os tipos, além de transtornos alimentares e transtornos do humor.

A Terapia Cognitiva surgiu na década de 60 desenvolvida por Aaron Beck para tratamento da depressão, como uma psicoterapia breve, estruturada, orientada ao presente, na resolução de problemas atuais, e modificação de pensamentos e comportamentos disfuncionais.

A TCC é baseada em 10 princípios, são eles:
1) Baseada na formulação do caso do paciente, entendendo esse em termos cognitivos e contínuo desenvolvimento;
2) Esta terapia requer uma aliança terapêutica sólida;
3) Enfatiza a colaboração e participação ativa, por parte do paciente e terapeuta;
4) Orientada em metas e focada em problemas;
5) Enfatiza o presente;
6) Visa ensinar o paciente a ser seu próprio terapeuta, enfatizando a prevenção de recaídas, por isso utiliza uma abordagem psicoeducativa;
7) Visa um tempo limitado de duração;
8) As sessões são estruturadas, sendo estabelecido anteriormente com as sugestões do terapeuta e do paciente o conteúdo a ser abordado na sessão, visando sempre as metas levantadas para a terapia;
9) Ensina os pacientes a identificar, avaliar e responder a seus pensamentos e crenças disfuncionais;
10) Utiliza uma variedade de técnicas para modificar o pensamento, humor e comportamento;

Fonte: Beck, J. S. Terapia Cognitiva: Teoria e Prática. Artmed, 1997.

CAAESM - Excelência em Terapia Cognitivo Comportamental, Avaliação Neurospicológica e Neurospicologia
Este site utiliza a tecnologia Inova Web desenvolvida pela agência Somar Comunicação